Destaques

25/08/2017 11:37 Só Notícias

Silval entrega para procuradores vídeos mostrando prefeitos, deputado federal e ex-deputados recebendo dinheiro que seria propina

O ex-governador Silval Barbosa entregou para a Procuradoria Geral da República vídeos onde seu ex-chefe de Gabinete Silvio Cezar aparece entregando dinheiro para o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), o deputado federal Ezequiel Fonseca (PP), a prefeita de Juara, Luciane Bezerra (PSB) e os ex-deputados estaduais Jota Barreto e Alexandre Cesar (PT).  Silval garantiu, na delação feita aos procuradores, que o dinheiro era propina. Os cinco acusados eram deputados estaduais quando os repasses foram feitos.

Silval diz que o dinheiro era entregue na sala de Silvio, no Palácio Paiaguás. As imagens foram mostradas, há pouco, pelo Jornal Nacional. Não foi mencionado na reportagem o valor destinado para cada um dos acusados.

Em outros trechos de delações, Silval havia acusado o deputado Oscar Bezerra de lhe pedir R$ 15 milhões em propina para não lhe incriminar na CPI das obras da copa. Silval diz que depositou R$ 200 mil para Oscar. Ele rebate dizendo foi pagamento de empréstimo.

O ex-governador também acusou o deputado Romoaldo Junior de rebecer propina de uma empresa que fez serviços de iluminação no estádio e de lhe repassar R$ 200 mil.

A delação de Silval foi homoloada pelo Supremo Tribunal Federal no último dia 9.

Outro lado
O prefeito Emanuel Pinheiro disse que não fez nada ilícito e que comprovará isso na justiça. "Recebo com surpresa e indignação a notícia veiculando a minha imagem, totalmente deturpada pela noticiada delação premiada do ex-governador do estado de Mato Grosso. Por tratar-se de processo judicial com caráter sigiloso, o qual ainda não tive acesso e, por recomendação dos meus advogados, não vou me estender a esta acusação”, disse, em sua página em rede social.

O deputado Oscar Bezerra, defendeu a esposa, a prefeita Luciane Bezerra, dizendo que o dinheiro para quitar dívidas de campanha eleitoral.

Os demais acusados ainda não se manifestaram.

(Atualizada às 09:21h em 25/8 - fotos: reprodução Jornal Nacional)


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo